Copyright © 2017-2019 NINFA ARTEMIS

Capítulo 4

P7Brincadeira

 

 

(Pela primeira vez fiz-me passar por outras… inventei-me!...eis os emails…)

 

Data: Quinta-feira, 29 Junho 2000   20:09h,  *Assunto: “Gosto muito de ti”

chamo-me Maria Madalena, tenho 19 anos, sou estudante e inventando um pouco mais: tenho quatro namorados! Um para me levar ao restaurante, outro para me levar ao cinema, outro para me levar à discoteca  e o outro está aqui ao meu lado a controlar o que te escrevo pois, não quer que a minha conta chegue aos cinco namorados. Tu aceitarias ser meu namorado? E seria para quê?

Adoro as tuas canções que falam descaradamente de sexo!

És mesmo assim tão descarado? Beijão, Maria  Madalena

 

 

Data: Sexta-feira, 30 Junho 2000  (resposta dele ☺)

01:17h,  *Assunto: Re: “Gosto muito de ti”

Maria Madalena,

Gostas quando falo de sexo. Contigo falarei quando  quiseres. Um beijo.

 

20:33h,  *Assunto: “Falar?!”  (…. dei-lhe uma resposta…)

“Gostas quando falo de sexo. Contigo falarei quando  quiseres” – dizes.

Se eu fizer corresponder o número de emails em que tu falarás de sexo a cada cm daquilo que tu tens chegará  a 5cm?

Nunca vi a tua coisa mas tenho quase a certeza que não és tão pobre assim.

Afinal tens jeito para o platonismo.  Falar, não? beijos, Maria Madalena

 

 

Data: Sábado, 01 Julho 2000  

02:08h,  *Assunto: Re: “Falar?!”

Não gosto de platonismisses. E os centímetros, terás espaço para eles?

Telemóvel.

   

10:56h,  *Assunto: “Queres?”  

Queres fazer ver-me quão macho tu és?! Vamos a isso! Não  vou fugir de ti e, menos conversa e mais acção, pode ser? Dia, hora, local? Estou cansada de estar à espera de pernas abertas…estás à espera de mais alguns centímetros?

Maria Madalena

(ele não respondeu)

 

 

 

(no guest book, 7 meses após o meu último email,  deixei mensagem…tinha feito natação nessa manhã…subitamente lembrei-me dele. Lembrei que “brincar” com ele fazia o meu dia mais engraçado…desta vez eu era a Irina …deixei-lhe o meu email…)

 

Guest Book,  * Data: Domingo 04 Fevereiro 2001, 11:07h

Paixão...Muita... mesmo muita paixão... tu...Não sei em que pensas quando estás em palco...Tu tens High Energy!....Beijos, Irina

 

Data: Segunda-feira, 05 Fevereiro 2001   16:31h,   *Assunto: “Guest_Book”

Olá Irina,

Muito me sensibilizaram as tuas belas palavras no guest-book. De momento estou em gravações para outro novo disco e por isso, de novo em Paris e em breve Alemanha, mas não pude deixar de te responder pessoalmente. De facto não sei o que me move em palco, apenas a vontade de ser o vosso espelho. De onde és e o que fazes? Gostava de saber mais de ti. Um beijo

(enviou email de resposta à Irina mas não lhe devolvi resposta )

 

 

Guest_Book   *Data: Quinta-feira, 17 Maio 2001 

(deixei mensagem e endereço de email)

22:06h

Tu o enigmático....palavras....palavras.....as tuas palavras…. enigmáticas……não estou a dizer nada de jeito.......mas gosto de ti..............Beijão, Suzette

 

22:11h

Eu também te quero! Esquece as outras. Como vais decidir? As mensagens aqui são tantas…Não me conheces: sou malandra e diabolicamente sonhadora mas tu és intangível, certo? Um céu cheio de estrelas para o teu grupo de fans.

Beijo para ti, Marlene

 

Data: Quarta-feira, 23 Maio 2001

(ele respondeu por email à Suzette e à Marlene quase em simultâneo)

14:06h

Obrigado Suzette pelas tuas belas palavras… Fala-me de ti. Onde vives, que fazes, que canção trazes dentro de ti. Um beijo

14:10h

Obrigado pelas tuas palavras Marlene. Estou aqui. Alcançável a cada palavra tua.

Fala-me de ti. Um beijo

22:34h          Resposta de: Suzette

Estou impressionada por me escreveres! Vivo próximo de Coimbra e trabalho. Não trago nenhuma canção particular dentro de mim. Sou por vezes um pouco tarada, sofro de excessos. Podes não acreditar mas tive um namorado que penso, graças a mim, ficou anémico. Depois fartei-me dele...a relação a partir de certo ponto é sempre igual...sempre as mesmas posições sexuais. Do modo que sou, até eu estou admirada por não ter arranjado ainda outro namorado.

Falemos agora de ti: como é que és em termos de sexo? Local? Posições? Gostos? Falas durante o ato ou não? Gostas de vê-la de lingerie ou preferes vê-la completamente nua? Gostas de agressividade?...se sim, da tua parte ou mais da parte dela..?

Não tenho jeito para longos textos e belos poemas.

Espero que me escrevas -não pareces nada tímido, agora não me desiludas! Suzette

 

 

Data: Quinta-feira, 24 Maio 2001 

15:48h,  Resposta dele a: Suzette

Perguntas demasiado pessoais para te responder por mail.

Alguma sugestão?

 

22:13h,  Resposta de: Suzette

Bem... esperava que fosses tu a dar a sugestão... Um pouco reservado, não?

 

Data: Sexta-feira, 25 Maio 2001

15:17h,   Resposta dele a: Suzette            

Terei todo o gosto, e prazer, em te responder pessoalmente a todas essas perguntas. Este contudo não é o melhor local para o fazer, embora elas sejam muito sugestivas e façam adivinhar momentos bem diferentes. Dar-te-ei todas as sugestões que a tua voz me sugerir e estarei aberto às tuas. Tens um telemóvel para onde te possa contactar?  Beijo

 

21:31h,  Resposta de: Suzette   (diverti-me imenso a escrever este mail ☺…)

Olá! Continuando a minha apresentação…

Trabalho numa espécie de pastelaria/pizzaria e acabo de conhecer dois gémeos de 20 anos, praticamente a minha idade -farei em breve 20 anos. A minha colega de trabalho não acreditou que eu teria a possibilidade de te conhecer pessoalmente e, de forma íntima. Acrescentou que mesmo sendo verdade porque não me envolvo com jovens da minha idade?  Diz ela que possivelmente será tudo muito rápido contigo, nem será uma noite, serão alguns instantes…umas horas talvez. Ela acha que "essa gente" (artistas! cantores!)  tem uma vida sexual com tudo quanto é mulherada de todo o tipo... Nem me ia divertir nada por aí e além, diz ela.

Em todo ocaso, eu não tenho roupas bonitas, daquelas caras para te impressionar e também não tenho corpo de modelo. Penso que me irei sentir mais há vontade com um daqueles dois rapazes que acabei de conhecer. São bem giros, aliás são gémeos! Talvez  tente algo com os dois ao mesmo tempo. Isto é capaz de me dar o nome de tarada… não sei…Também não tenho grande conversa para ti. Deixa lá, falei muito mas falta-me a coragem: estar com o meu ídolo seria sempre intimidante, não iria divertir-me muito. Para além de que às tantas, seria como diz  a minha colega: seria apenas por duas ou três horas e depois adeus tal como se eu fosse uma puta (esta foi forte! mas pronto…). É melhor ser com pessoal da minha classe social, estou mais à vontade. Beijo, Suzette

 

 

(Momentos depois do meu primeiro email resposta a ele como Suzette, respondo desta vez ao email dele enviado à Marlene.

Esta coisa dos emails é um passatempo para ele. Foi culpa minha ter levado as coisas a sério…ingénua? Parece que sim . A Marlene vai entrar em cena! Ela é independente e nada obcecada por ele. Tal como ele gosta. Cá vem a Marlene!)

 

 

Data: Quarta-feira, 23 Maio 2001,  23:57h,  Resposta de: Marlene C.

Falarei então de mim conforme pediste: maior de idade, licenciada…desperta coisas em mim e veremos que mais te posso contar sobre mim…Não vou alongar-me mais com descrições acerca de mim. Fala-me um pouco acerca de ti. Fala-me, um pouco acerca do amor. Amaste alguma vez de verdade? O teu coração está livre?

Não espero nem quero nada de sério. Posso conhecer-te? Talvez um encontro? Nada de sério claro! O mundo artístico é assim…tudo a fingir, certo?…

Que não te assuste a minha frontalidade, Marlene

 

Data: Quinta-feira, 24 Maio 2001  16:11h,  Resposta dele a: Marlene

Saberás mais  de mim do que eu te poderei aqui escrever.  Dir-te-ei pessoalmente o que faltar. Qual é a tua licenciatura? Sabes que ao contrário do que dizes, o sério é o rigor do mundo artístico. Um beijo

 

23: 51h,  Resposta de: Marlene

Queres que eu fale um pouco mais de mim?! Ok. Sou licenciada em biologia. Não te estou a ver a falares de coisas pessoais a mim…embora no teu email de resposta digas que o farás. Se eu te colocar uma pergunta mais pessoal é provável que mudes de assunto, fazendo cara de ser uma pergunta inoportuna. Típico dos homens!

Para eu não fazer figura de parva, vou ser frontal e dizer-te que acho que estarás a responder a mim como também  estarás a responder a umas outras quantas fans. Para não falar já daquela com quem estiveste ontem...ou vais estar amanhã ou algo parecido a isso. Onde está o sério? 

Por isso vou ser sincera contigo: não vou entrar em palermices românticas de ficar a sofrer por ti ou andar atrás de ti à espera que me dês uma resposta ou, acreditar que me vais falar acerca de ti... Repito: contigo seria um caso -não vejo romantismo nisso. Algum problema? Ou queres que eu pinte a coisa de forma mais apalermada com poemas românticos e te os envie? Se decidires dar-me resposta sê breve e não ofensivo. Fui frontal e isso não é ofensivo, pois não? Marlene

 

Data: Sexta-feira, 25 Maio 2001   15:49h,  Resposta dele a: Marlene

Gostei de te ler. De mim falar-te-ei pessoalmente de viva voz. Tens um telemóvel para que te possa ligar? Nunca escrevi mensagens ofensivas...Um beijo

(não lhe respondi)